Liderança despreparada: Como identificar e desenvolver

Veja como identificar e desenvolver esse tipo de líder

A alta rotatividade de funcionários é uma das principais consequências de uma liderança despreparada - Foto: Divulgação
A alta rotatividade de funcionários é uma das principais consequências de uma liderança despreparada – Foto: Divulgação

No nosso artigo sobre alta rotatividade de funcionários, falamos sobre como a liderança despreparada pode ser um dos fatores que levam os funcionários a sair da empresa. Agora vamos falar mais sobre esse tipo de líder. Afinal, uma prática recorrente é colocar como líder uma pessoa que não tem o perfil adequado, nem o preparo necessário para exercer essa função, e não se investir no desenvolvimento de sua liderança;

Para saber identificar se a sua liderança é fonte de problemas, é preciso estar atendo a três fatores: se seu líder tem uma gestão punitiva; se ele tem uma abordagem ambígua e conflitante; ou se ele não consegue direcionar as ações que devem ser executadas. Por isso, vamos aprofundar mais nessas três questões para que você saiba identificar se isso ocorre em sua empresa:

Gestão punitiva

A gestão mais punitiva é característica daquele gestor que acredita que o que a pessoa faz de correto não faz mais que a obrigação. Da mesma forma, quando ocorrem erros, acha um absurdo, pois o erro não é tolerado. O ideal é que o gestor consiga identificar e valorizar os resultados positivos e que seja capaz de lidar com o erro como algo a ser corrigido, mas que gera aprendizado e faz parte do processo.

Abordagem ambígua e conflitante

Alguns gestores não são punitivos, mas possuem uma abordagem ambígua. Esta característica é demonstrada quando ele pede uma para a pessoa fazer algo, depois pede outra coisa diferente ou, pior ainda, exige resultados incompatíveis. Assim, que pode ocorrer é que este tipo de abordagem deixe a pessoa desorientada, aumentando o grau de estresse e ansiedade, fazendo com que, muitas vezes, ela saia da empresa mesmo que não tenha outra oportunidade de trabalho disponível.

Ausência de direcionamento

Outro tipo de liderança que é extremamente fraca, tanto para produzir desempenho, quanto para gerar retenção, é aquela ausente, sem direcionamento, chamada de laissez-faire (expressão francesa que significa ‘deixar fazer’ ou, como prefiro dizer, ‘deixe a vida me levar’). Assim, o grande problema deste tipo de líder é que ele não leva sua equipe para os objetivos. Ele não a direciona, nem assume as responsabilidades, nem abraça os problemas ou comemora as vitórias. Essa liderança água morna faz com que muitas pessoas busquem a mudança para equipes mais quentes ou mais frias. São mais atrativas as equipes que têm objetivos mais claros e com possibilidade de maiores resultados. Ninguém quer ser do time que está perdendo.

Como resolver

Precisamos destacar que, por mais que estas características sejam comuns e recorrentes, elas não são traços de personalidade ou algo imutável. Na realidade, são um conjunto de comportamentos aprendidos e que podem ser modificados. Assim, dentro do modelo que trabalhamos, Tecnologias Comportamentais para Gestão, compreendemos que estas características podem ser modificadas e que o gestor consegue desenvolver comportamentos mais efetivos para o seu papel de liderança.

Se você se identificou com algum destes tipos de liderança pode buscar se qualificar. Se identificou alguma liderança despreparada na sua empresa, pode indicar estratégias de qualificação para ela. O ideal, neste caso, é buscar uma estratégia de desenvolvimento mais pessoal e vivencial, como cursos vivenciais, experiências de imersão e trabalhos de coaching e mentoring. O importante é saber que estas são características aprendidas, que é possível modificá-las por meio de novos aprendizados e decidir iniciar a jornada de desenvolvimento.

Se você que saber mais sobre gestão de pessoas, acesse o canal da Néos Desenvolvimento no Youtube. Lá você encontra vídeos nos quais debatemos com grandes estudiosos assuntos atuais e que vão te ajudar a lidar melhor com sua equipe, garantindo, assim, melhores resultados.

1 comentário em “Liderança despreparada: Como identificar e desenvolver”

  1. Pingback: Alta rotatividade? Veja como resolver - Néos Desenvolvimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.